Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Seção 18 - Distúrbios da Pele

Capítulo 204 - Infecções Virais da Pele

Muitos tipos de vírus invadem a pele, mas a atenção médica está centrada sobretudo em apenas três grupos. Dois desses grupos causam doenças familiares: verrugas e o herpes labial decorrente da febre. As verrugas são causadas pelo papilomavírus, e o herpes labial pelo vírus do herpes simples, como o herpes zoster. O terceiro grupo de vírus que infecta a pele faz parte da família do poxvírus. O poxvírus mais conhecido é o vírus da varíola, que tem apenas um interesse histórico. Este vírus foi eliminado em todo o mundo graças ao uso da vacina. No entanto, a varicela (catapora) continua sendo uma infecção freqüente na infância. O molusco contagioso também é causado por um poxvírus.

topo

Verrugas

As verrugas são pequenos tumores cutâneos causados por qualquer um dos 60 tipos de papilomavírus humanos. As verrugas podem ocorrer em qualquer idade, mas são mais comuns em crianças e menos comuns em idosos. Embora as verrugas cutâneas disseminem-se facilmente de uma área do corpo a outra, a maioria não é muito contagiosa de um indivíduo a outro. No entanto, as verrugas genitais são contagiosas. A grande maioria das verrugas é inofensiva. Os tipos mais comuns não se tornam cancerosos. Somente tipos raros e alguns tipos que infectam o colo uterino e o pênis muito raramente tornam-se cancerosos. O tamanho e a forma da verruga dependem do tipo de vírus responsável e de sua localização no corpo. Algumas verrugas são indolores, enquanto outras causam dor por produzirem irritação de nervos. Algumas verrugas crescem em grupos (verrugas em mosaico), enquanto outras aparecem como formações isoladas e únicas. Freqüentemente, as verrugas desaparecem sem tratamento. Entretanto, algumas persistem durante muitos anos e outras desaparecem e retornam.

Diagnóstico

Quando os médicos examinam um tumor sobre a pele, eles tentam determinar se se trata de uma verruga ou de um outro tipo de tumoração. Alguns tumores que podem assemelhar-se a verrugas são na verdade pólipos cutâneos, molas, calos, calosidades ou mesmo cânceres de pele. As verrugas são classificadas de acordo com a sua localização e a sua forma. Quase todo mundo apresenta verrugas comuns (verrucae vulgaris). Esses tumores firmes geralmente apresentam uma superfície rugosa. Eles são arredondados ou irregulares; são acinzentados, amarelos ou castanhos; e, comumente, possuem menos de 1 cm de diâmetro. Em geral, as verrugas ocorrem em áreas que são freqüentemente lesadas como, por exemplo, os dedos das mãos, em torno das unhas (verrugas periungueais), joelhos, face e couro cabeludo. Elas podem disseminar-se, mas as verrugas comuns nunca são cancerosas. As verrugas plantares localizam-se na planta do pé, onde elas são comumente achatadas pela pressão da marcha e são circundadas por uma pele espessa. Elas podem ser extremamente dolorosas. Ao contrário dos calos e das calosidades, as verrugas plantares tendem a sangrar através de muitos pontos minúsculos (como os pontos produzidos por um alfinete) quando o médico desbasta ou corta a superfície da lesão com um bisturi. As verrugas filiformes são pequenos tumores longos e estreitos, os quais geralmente localizam-se sobre as pálpebras, a face, o pescoço ou os lábios. As verrugas planas, as quais são mais comuns em crianças e adultos jovens, habitualmente ocorrem em grupos como manchas lisas, de cor amarelo pardo, sobretudo na face. O vírus que causa as verrugas úmidas (verrugas venéreas, condilomas acuminados) sobre os ó rgãos genitais é transmitido sexualmente.

Tratamento

O tratamento das verrugas depende de sua localização, de seu tipo e de sua gravidade, assim como do seu tempo de existência. A maioria das verrugas comuns desaparece sem tratamento em 2 dias. Aplicações diárias de uma solução ou de um adesivo contendo ácido salicílico e ácido lático amolecem a pele infectada, a qual pode ser raspada delicadamente para fazer com que a verruga desapareça mais rapidamente. O médico pode realizar um tratamento de congelamentos da verruga com nitrogênio líquido, mas pode ter que repetir o procedimento após 2 a 3 semanas, para que a verruga seja totalmente eliminada. A eletrodessecação (um tratamento que usa uma corrente elétrica) ou a cirurgia a laser destróem a verruga, mas estes dois procedimentos podem causar cicatrizes. Independente do método terapêutico, a verruga retorna em aproximadamente um terço dos casos. O médico também pode tratar as verrugas comuns com substâncias químicas (p.ex., á cido tricloroacético ou cantaridina) que destróem a verruga. No entanto, novas verrugas podem surgir em torno das bordas das antigas. As verrugas plantares são comumente amolecidas com ácido salicílico concentrado aplicado sob a forma de solução ou de adesivo. Este procedimento químico deve ser acompanhado pela aparação da verruga com um bisturi, pelo congelamento ou pela aplicação de outros ácidos. Os médicos podem utilizar outras técnicas (p.ex., injeção de substâncias químicas na verruga para destruí-la). No entanto, a cura das verrugas plantares é difícil. As verrugas planas são freqüentemente tratadas com agentes esfoliantes (p.ex., ácido retinóico ou ácido salicílico) que fazem a verruga desaparecer à medida que a pele descama.

topo

Molusco Contagioso

O molusco contagioso é uma infecção cutânea causada por um poxvírus que produz protuberâncias lisas, céreas e da cor da pele. Habitualmente, as protuberâncias possuem menos de 1,5 cm de diâmetro e apresentam uma minúscula depressão no seu centro. Algumas vezes, uma protuberância isolada pode atingir até 3,8 cm. O vírus que causa o molusco é contagioso. Ele dissemina-se através do contato direto com a pele e é freqüentemente transmitido sexualmente. O vírus pode infectar qualquer parte da pele, embora seja mais freqüente na virilha e na região pubiana (embora não ocorra geralmente no pênis ou na vagina). Geralmente, as lesões não são pruriginosas e são indolores, podendo ser descobertas acidentalmente durante um exame físico. Freqüentemente, essas protuberâncias apresentam uma depressão central cheia de um material branco pastoso, tornado fácil o diagnóstico do molusco contagioso pelo médico. Os tumores podem ser tratados através do congelamento ou da remoção do seu núcleo com uma agulha.

topo